https://public-rf-upload.minhawebradio.net/244075/slider/639be829056b5a06650c182d52b4abb9.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/244075/slider/9dc9ad905a225e4fb5d2634c177ebba7.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/244075/slider/3487f96393a621ae08fa1de3bbaa06c4.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/244075/slider/3c24f130f8bc3aa216c21ea295916d09.png
Prefeito Orlando Morando entrega primeiro Centro de Diálise
04/03/2024 22:23 em Saúde

Da redação

Prefeito Orlando Morando entrega primeiro Centro de Diálise ambulatorial público de São Bernardo

 

Instalado no Hospital de Clínicas, o novo serviço irá absorver toda a demanda dos pacientes que, até então, necessitavam de internação para realização deste procedimento

 

 

Mais qualidade de vida e longevidade no tratamento dos doentes renais crônicos de São Bernardo. Sob essa vertente, o prefeito Orlando Morando entregou nesta segunda-feira (4/3) o primeiro Centro de Diálise ambulatorial público municipal, ao lado do secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple e da coordenadora da nefrologia, Dra. Katia Galache.

 

"Com o que há de mais moderno em equipamento e instalações, esse novo serviço trará mais conforto e segurança aos nossos doentes renais. Cada conjunto de máquinas, responsável por filtrar o sangue do paciente tem um custo aproximado de R$ 100 mil, o que demonstra todo nosso esforço em ofertar o que há de melhor em saúde para a população da nossa cidade", declarou Morando.

 

As vagas para o Centro terão gerenciamento do departamento de regulação municipal, que de acordo com o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, serão preenchidas gradativamente. "Já conseguimos desospitalizar 20 pacientes para início do tratamento neste novo espaço e assim que houver melhora clínica dos demais, eles poderão voltar para casa e dar continuidade ambulatorial na diálise", explicou Reple.

 

NOVA ESTRUTURA – A nova estrutura, que já está em operação dentro do Hospital de Clínicas (HC) – localizado na Estrada do Alvarenga, 1001 -, irá absorver toda a demanda dos pacientes, que, até então, necessitavam de internação para a realização de hemodiálise. São 12 posições, que atendem até 72 pacientes por mês, com sessões em três turnos.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!