https://public-rf-upload.minhawebradio.net/244075/slider/639be829056b5a06650c182d52b4abb9.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/244075/slider/9dc9ad905a225e4fb5d2634c177ebba7.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/244075/slider/3487f96393a621ae08fa1de3bbaa06c4.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/244075/slider/3c24f130f8bc3aa216c21ea295916d09.png
Prefeito Orlando Morando assina ordem de serviço para implantação do AME em São Bernardo
23/05/2024 20:52 em Saúde

Da redação

Prefeito Orlando Morando assina ordem de serviço para implantação do AME em São Bernardo

Em parceria com o Governo do Estado, novo equipamento de Saúde será importante investimento nas demandas de especialidades médicas

 
Mais uma etapa do processo para a implantação do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de São Bernardo foi concluída nesta quinta-feira (23/5), com a assinatura da ordem de serviço que autoriza o início das obras do novo equipamento de Saúde. Em parceria com o Governo do Estado, o novo serviço, a ser instalado na Rua Secondo Modolin, nº 490, onde funcionou o Hospital e Pronto-Socorrro Central (HPSC), será um importante investimento nas demandas municipais e regionais de especialidades médicas. A previsão é de que o primeiro paciente seja atendido ainda este ano.

Durante a cerimônia de autorização do início das obras, o prefeito Orlando Morando ressaltou que será o primeiro equipamento público gerido pelo Estado em São Bernardo, com aval do governador Tarcísio de Freitas. "A adequação do prédio é de custeio municipal, mas a gestão será estadual. Ficamos gratos com a parceria, porque sabemos quanto custa anualmente cada um de nossos serviços", comentou Morando.

INVESTIMENTO – O valor global da execução será de R$ R$ 18.621.124,81, de aporte municipal, que compreendem toda a reformulação da estrutura predial para abrigar o novo serviço. Após a conclusão, o Governo do Estado auxiliará no custeio da assistência à população.

SERVIÇOS – O novo AME ofertará serviços ambulatoriais especializados, como consultas nas áreas de anestesiologia, cardiologia, cirurgia vascular, endocrinologia adulta, gastroenterologia adulto, neurologia adulto, ortopedia, urologia, oftalmologia, proctologia, reumatologia adulto. Além dos serviços de apoio diagnóstico e terapêutico e especialidades não medicas como enfermagem, farmácia clínica, fisioterapia e nutrição.

ESTRUTURA – Estão previstos no projeto, a implantação de 13 consultórios médicos, oito salas de exames, sala de medicamentos, de pequenos procedimentos, três recepções, instalação de nova escada central, copa, refeitório e vestiário de funcionários, farmácia, setor de esterilização e de resíduos. Toda a nova estrutura terá capacidade para ofertas em média por mês 10 mil consultas médicas e outras 3,5 mil não médicas, 800 cirurgias e mais de 24 mil exames.

"Será um serviço completo, que deixará nossa rede de Saúde municipal ainda mais robusta tamanho suporte que irá prestar a todos os demais equipamentos, especialmente no reforço da Atenção Básica, das nossas policlínicas (Centro e Alvarenga). E junto do Hospital de Urgência, que está aqui ao lado, ofertando toda a retaguarda", detalhou o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho.
Fonte. Secom/Pmsbc
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!